O Hebraico Bíblico e a Morfologia

Quero fazer uma confissão: sou um nerd que gosta de Legos. Pronto. Falei. Legos eram a única coisa que pedia para presente de aniversário quando era criança e, pra ser sincero, ainda não consigo pensar num presente melhor… Mas também né, o que você esperava de um cara que gosta de hebraico??

“Danillo, o que esse jogo de criança tem a ver com a linguística?”

Que bom que você perguntou! Na verdade, se pararmos para pensar bem, existem muitas semelhanças entre o joguinho de crianças (Lego) e o joguinho que crianças, adolescentes, adultos e idosos todos jogam juntos: a linguagem.

Você se lembra quando disse no post sobre linguística, que uma das perguntas principais da mesma é “como uma língua codifica significado?” Bom, já estudamos fonemas, que são as “peças de lego” disponíveis na nossa caixa de brinquedos – nossa língua. Mas nenhuma dessas peças, por si só, consegue expressar significado.

1
Não sabemos o que essas peças têm em comum, como combinam, ou que imagem formam. Não obstante, são as peças disponíveis a nós – fonte para construir algo que tenha um significado. O fonema também é o que temos de disponível para construir nossa palavras, frases e discursos.

Da mesma forma, a letra “s”, por si só, não significa nada. Precisamos juntá-la, por exemplo, com a letra “e” para formar uma palavra: “se”. A palavra “se” representa alguma coisa, ela significa.

O que é a morfologia?

A morfologia é o estudo de morfemas, que são as menores unidades em qualquer língua que codificam significado. No exemplo acima, a palavra “se” é um morfema.

Quer dizer então que as palavras são as menores “peças de lego” que codificam significado?

Não necessariamente. Existem peças menores do que certas palavras, como vemos nos exemplos abaixo:

  • cachorr – o – s
    • cachorr – radical
    • 0 – desinência de gênero masculino
    • s – desinência de número plural
  • oto-rrino-laringo-log-ista-s
    • oto – prefixo (relacionado ao ouvido)
    • (r)rino – prefixo (relacionado ao nariz)
    • laringo – prefixo (relacionado à garganta)
    • log – radical (relacionado ao estudo)
    • ista – sufixo (relacionado ao profissional)
    • s – desinência de número plural

É claro que existem palavras como “se”, “mar” ou “amarelo” que são morfemas por si mesmas; isto é, não é possível dividi-las em partes menores que possuem um valor semântico.

2
Agora que juntamos algumas peças, podemos dar nomes a esses conjuntos: chassis, rodas, pára-choques e faróis, etc. Ou, no caso dos morfemas: radical, desinência, afixo, etc.

Assim, a morfologia estuda as peças pequenas da linguagem, e pode ser subdividida em morfologia nominal (lidando com substantivos) e morfologia verbal. Essa subdivisão acontece porque a formação de substantivos e verbos é diferente em (quase) todas as línguas. Como verbos e substantivos codificam informações diferentes, era de se esperar que seus morfemas também seriam de diferentes tipos.

Por exemplo, em hebraico, o substantivo codificará gênero, número e determinação. Como vimos na aula sobre substantivos, a palavra סוּסִים (cavalos) conterá, apenas no seu sufixo, duas unidades de informação: o substantivo é masculino e plural. Pela ausência do artigo ou da forma construta, sabemos também que o substantivo é indefinido.

Uma morfologia verbal do hebraico bíblico já teria que responder outras perguntas, quanto ao número, gênero, a pessoa, o aspecto, tempo, voz, e modo do verbo! Para refrescar a memória, veja a aula introdutória sobre verbos no hebraico.

O problema da morfologia é que ela acaba sendo um estudo bem árido na maioria dos casos, mas é necessário! Muito do nosso estudo básico da língua hebraica – a memorização de paradigmas, tabelas de sufixos, a forma como notamos, por exemplo, mudanças entre um Qal Imperfeito 3fs de um Qal Imperfeito 2ms, ou outra coisa assim, é informado pela morfologia. Então pense nesse processo todo como um jogo – você precisa montar as primeiras peças antes de botar tudo junto e formar um carrinho de corrida!

4
(Consegui convencer minha esposa a me deixar comprar esses Legos novinhos porque era para “explicar” a morfologia! O que você acha? Valeu a pena?)

Aliás – te peguei! Não existe diferença entre o Qal Imperfeito 3fs e 2ms! Vá estudar sua morfologia hebraica!


Esse post foi o terceiro numa série sobre o Hebraico Bíblico e a Linguística. Veja os demais posts na série:

 

13 comentários sobre “O Hebraico Bíblico e a Morfologia

  1. Pingback: O Hebraico Bíblico e a Linguística – Isso é Hebraico!

  2. Dirceu Barreto

    olá amigo, eu tenho que fazer uma análise morfológica de Ester cap. 1, Vers. 1, porém ainda conheço muito pouco da língua hebraica, você consegue ajudar?

    Curtir

    1. Olá Dirceu,
      Gostaria, mas não posso te ajudar diretamente. Os materiais aqui no site existem justamente para te ajudar a ver a morfologia hebraica. Normalmente, análises morfológicas são requerimentos apenas a alunos que já aprenderam a língua; se não, o exercício não faz sentido, não é?

      Curtir

  3. Osmario Jr

    “Aliás – te peguei! Não existe diferença entre o Qal Imperfeito 3fs e 2ms! Vá estudar sua morfologia hebraica!”
    kkkkk. muito bom !!

    Curtir

  4. Pingback: O Hebraico Bíblico e a Pragmática – Isso é Hebraico!

  5. Pingback: O Hebraico Bíblico e a Sintaxe – Isso é Hebraico!

  6. Pingback: O Hebraico Bíblico e a Semântica – Isso é Hebraico!

  7. Pingback: Como usar o BibleWorks: buscas morfológicas – Isso é Hebraico!

  8. Gerson Viana

    Sempre muito bem explicado professor!!! Fico maravilhado com o dom que Deus te concedeu, o ensino da Palavra. A simplicidade com profundidade ajuda muito na didática… e você realmente tem essa virtude. Cristo seja exaltado. Abraços em todos.

    Curtir

  9. Pingback: Estudo Léxico: הלך no Hithpael – Isso é Hebraico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s